(Criada a 21 de janeiro de 1967)

CNPJ 83.932.343/0006-26

 Endereço    Rua 1400, 492 Centro

88330-530 Balneário Camboriú – SC

Fone/Fax    (47) 3367-0847

E-mail    [email protected]

Site   www.igrejasantaines.com

Expediente    de terça a sábado, das 8h às 12h e das 13h30 às 18h30

Sábado, das 8h às 13h

Secretárias    Alexandra Jensen

Maria de Fátima Bernardo Valmórbida

Secret. da  Cateq.    Eloise Aranha Cobra

Pároco    Pe. Frei Ladí Antoniazzi, OFM

Vigários    Pe. Frei Conrado Lindmeier, OFM

Pe. Frei Roberto Carlos Nunes, OFM

Diáconos    Alberto Bussolaro

Romeu Junkes (tratamento de saúde)

Comunidade

Padroeiro(a)                                                                           Localidade                                             Criação

1    Matriz: Santa Inês                                                      Centro                                                      1967

2    Santa Catarina de Alexandria                              Bairro dos Estados                               2003

HISTORICO

Criada em 21 de Janeiro de 1967 (48 anos)

Em 10 de fevereiro de 1933, uma carta do então Vigário de Camboriú comunicava à Cúria Metropolitana que “os Padres Franciscanos de Blumenau estão construindo um prédio assaz vasto, todo de madeira, no lugar chamado Praia do Camboriú”. Diz ainda a missiva que a finalidade da casa é servir de casa de recreio para os alunos do ginásio dirigido por aqueles Padres, em Blumenau, mas que será também construído um salão, com aproximadamente 120 m², para servir de capela ou oratório público.

A Capela de Santa Inês, então pertencente à Paróquia Divino Espírito Santo, de Camboriú, foi criada em 1957.
A 8 de abril de 1964, a Lei nº 960 cria o Município de Balneário Camboriú.Com o desenvolvimento turístico da região, sentiu-se a necessidade de se criar ali uma nova Paróquia, o que efetivamente aconteceu, por Decreto de Dom Afonso Niehues, então Arcebispo Coadjutor e Administrador Apostólico, datado de 21 de janeiro de 1967.

Criada a Paróquia, foi a mesma entregue aos cuidados dos Padres Franciscanos, tendo sido designado como primeiro Pároco, Frei Mário Guidarini OFM.

Tão logo assumiu os trabalhos da Paróquia, Frei Mário sentiu a necessidade urgente de construir uma nova Igreja Matriz. Foi então encomendado ao renomado Arquiteto Rubens Meisters, um projeto arrojado, em formato de tarrafa em queda.Pelo seu formato, a Matriz tornou-se conhecida como a “Igreja do Chapéu”.