Por ocasião da criação da Diocese de Florianópolis eram poucos os presbíteros de nacionalidade brasileira.

As  clero1905 imigrações alemã, italiana e polonesa foram acompanhadas do envio, por parte de suas igrejas de origem, de ótimos sacerdotes. O clero religioso foi enriquecido com a chegada dos Padres Franciscanos alemães da Província de Santa Cruz da Saxônia (1894) e dos Padres do Sagrado Coração de Jesus – Dehonianos (1903). Os Jesuítas também eram alemães, vindos de São Leopoldo, RS para atender à Paróquia de Nova Trento, às missões populares e refundar o Colégio Catarinense em Florianópolis, em 1905.

 

A seguir, os nomes dos padres que em 1908 atendiam à Igreja em todo o território catarinense.

01. Pe. Francisco Xavier Topp (alemão) – Pároco de Florianópolis e Vigário Encarregado de Lagoa da Conceição, Trindade e Ribeirão da Ilha.
02. Pe. Francisco Xavier Giesberts (alemão) – V. Coop. de Florianópolis, Lagoa da Conceição, Trindade e Ribeirão da Ilha.
03. Pe. Arcângelo Ganarini (italiano) – Capelão do Hospital de Caridade de Florianópolis.
04. Pe. José Fabriciano Pereira Serpa (brasileiro) – Pároco de Santo Antônio de Lisboa e Vigário Encarregado de Canasvieiras e Rio Vermelho.
05. Pe. Domingos Bonavero (italiano) – Pároco de São Miguel.
06. Pe. Huberto Ohters (alemão) – Pároco de São Pedro de Alcântara.
07. Pe. Rafael Faraco (italiano, naturalizado, com família) – Vigário Colado de Garopaba.
08. Pe. Manoel João Luiz da Silva (brasileiro, com família) – Vigário Colado de Laguna.
09. Pe. Dr. José Francisco Bertero (italiano) – Pároco de Vila Nova e Vigário Encarregado de Mirim.
10. Pe. Bernardo Freise (alemão) – Pároco de Tubarão e Vigário Encarregado de Azambuja do Sul e Orleães.
11. Pe. Francisco Chylinski (polonês) – V. Coop. de Tubarão, Azambuja do Sul e Orleães.
12. Pe. João Batista Steiner (alemão) – Pároco de Imaruí e Vigário Encarregado de Pescaria Brava.
13. Pe. Luiz Marzano (italiano) – Pároco de Urussanga.
14. Pe. Luiz Gilli (italiano) – V. Coop. de Urussanga.
15. Pe. Frederico Tombrock (alemão) – Pároco de São Ludgero.
16. Pe. João Batista Klöcker (alemão) – V. Coop. de São Ludgero.
17. Pe. Miguel Pizzio (italiano) – Pároco de Jaguaruna e Vigário Encarregado de Araranguá.
18. Pe. Ludovico Coccolo (italiano) – Pároco de Tijucas e Vigário Encarregado de Porto Belo e São João Batista.
19. Pe. Antônio Francisco da Nóbrega brasileiro, com família) – Vigário Colado de São Francisco do Sul.
20. Pe. Manoel Miranda Cruz (português, com família) – Suspenso de Ordens, vivia amancebado em Florianópolis. Em 1916 reconciliou-se com a Igreja.
21. Pe. Inácio Bernardo Rückert (alemão) – Punido pelas Leis Canônicas, residia em Florianópolis com Uso de Ordens.
22. Pe. João Canônico (italiano) – Pároco de Criciúma.
23. Pe. José Sundrup (alemão) – Pároco de Joinville.
24. Pe. Augusto Schwirling (alemão) – V. Coop. de Joinville.
Clero religioso – todos alemães
25. Pe. Dr. Carlos Norberto Ploes, SJ – Diretor do Ginásio Santa Catarina (Col. Catarinense) e mais 9 Padres Jesuítas.
26. Frei Domingos Schmitz, OFM – Vigário de São José e mais 2 Coadjutores.
27. Frei Celso Dreiling, OFM e Frei Cleto Espey, OFM – Provincial e Secretário da Província Franciscana da Imac. Conceição do Brasil residentes em São José.
28. Frei Osvaldo Schlenger, OFM- Vigário de Santo Amaro e Encarregado de Enseada de Brito e Teresópolis.
29. Pe. Henrique Meller SCJ – Superior da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus e Vigário de Brusque, com dois Coadjutores.
30. Pe. Gabriel Lux, SCJ – Administrador de Azambuja e Cura do Santuário Episcopal. 3
31. Frei Marcelo Baumeister, OFM – Vigário de Blumenau e 2 Coadjutores. No Convento de Blumenau residiam mais seis frades.
32. Frei Herculano Limpinsel, OFM – Vigário de Gaspar com 2 Coadjutores. Pouco depois, Frei Herculano abandonou o ministério.
33. Pe. José Foxius, SCJ – Vigário de Itajaí e encarregado de Camboriú e Penha, com 2 Coadjutores.
34. Pe. Henrique Lindgens, SCJ – Vigário de Araquari e Encarregado de Barra Velha, com Coadjutor.
35. Pe. João Stolte, SCJ – Vigário de São Bento, com 1 Coadjutor.
36. Frei Libório Grewe, OFM – Vigário de Lages e Encarregado de São Joaquim da Costa da Serra, com 5 Coadjutores.
37. Frei Rogério Neuhaus, OFM – Vigário de Curitibanos e Encarregado de Campos Novos, com 2 Coadjutores.
38. Pe. João Maria Cybeo, SJ (italiano) – Cura de Nova Trento, com 2 Coadjutores.
39. Frei Lucínio Korte, OFM – Cura de Rodeio, com 3 Coadjutores.
TOTAL: 24 Padres Diocesanos, 36 Franciscanos, 13 Jesuítas e 11 da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus.
PROVENIÊNCIA: Português (1). Polonês (1), Catarinense (2), Paulista (1), Alemães (66), Italianos (12), Gaúcho (1).

Fonte: Pe. José Artulino Besen – Jornal da Arquidiocese, Junho/07, Pág 09