arce03_deusebioDom Eusébio Oscar Cardeal Scheid SCJ Catarinense de Luzerna, onde nasceu em 8 de dezembro de 1932, criado e educado no Rio Grande do Sul, Dom Eusébio Oscar Scheid, SCJ realizou seus estudos primários e secundários no Seminário dos Padres do Coração de Jesus em Corupá, Santa Catarina.

Em 1954 iniciou os estudos de Filosofia em Brusque, Santa Catarina; continuou os estudos filosóficos na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, no período de 1955 a 1957. Estudou Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana e na Propaganda Fide, no período de 1957 a 1964. Especializou-se em Cristologia e seu doutorado em Cristologia versou sobre a interioridade de Cristo. Sua ordenação presbiteral foi em Roma, no dia 3 de julho de 1960.

Dom Eusébio realizou seus estudos primários e secundários no Seminário dos Padres do Coração de Jesus em Corupá, Santa Catarina. Em 1954 iniciou os estudos de Filosofia em Brusque, Santa Catarina; continuou os estudos filosóficos na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, no período de 1955 a 1957.

Estudou Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana e na Propaganda Fide, em Roma, no período de 1957 a 1964. Especializou-se em Cristologia e seu doutorado em Cristologia versou sobre a interioridade de Cristo.
Sua ordenação presbiteral foi em Roma, no dia 3 de julho de 1960, pelas mãos de Dom Inácio João Dal Monte, OFM, bispo de Guaxupé.

04_brasao_dEusebioNo dia 23 de janeiro de 1991 foi nomeado Arcebispo de Florianópolis. Tomou posse da Arquidiocese no dia 16 de março do mesmo ano. Nesta arquidiocese criou o Seminário de Teologia « Convívio de Emaús» e o Seminário de Filosofia «Edith Stein»; inaugurou o Instituto Social João Paulo II; instituiu a Escola de Ministérios.

Permaneceu na Arquidiocese de Florianópolis por dez anos, até sua nomeação como arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro dia 25 de julho de 2001. Tomou posse em 22 de setembro do mesmo ano. Presidiu a criação das dioceses de Criciúma e Blumenau. Recebeu o encargo de Ordinário dos fiéis de rito oriental sem ordinário próprio no Brasil no dia 3 de outubro de 2001.

No consistório de 21 de outubro de 2003, presidido pelo papa João Paulo II, foi criado cardeal presbítero, com o título da Basílica dos santos Bonifácio e Aleixo. Participou do conclave que elegeu o papa Bento XVI.
É atualmente Arcebispo Emérito da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro.